was successfully added to your cart.

Enfim…

Por | Projeto Social | Sem comentários

Enfim, terminou.

Pelo menos o primeiro.

Foram mais de 130 artistas, mais de 33 apresentações… Alguns artistas apareceram de última hora, para se apresentarem no saguão, ali, naquela tarde. Mesmo sem conhecer ninguém. Indo buscar seu público entre as crianças que brincavam na praça em frente ao teatro. Tão grande foi o desejo dos artistas da cidade de estarem presentes, de participarem junto com a gente.

Como foi dito no final da última apresentação: Abrimos agraciados com o grupo mais experiente desta cidade, e fechamos com o grupo mais inocente, mais novo… e ambos ansiosos por se manifestarem. E isso é mais do que um sintoma de nossa condição de “cidade do teatro”, é a nossa natureza! Vida longa a todos nós!

O público apareceu em peso: foram oficialmente 2.308 pessoas que nos assistiram. Pessoas interessadas em aplaudir, em rir, em pensar, em estarem em contato com outras.

Os técnicos da luz e som, as pessoas responsáveis pelo espaço físico, pela limpeza, pelo recebimento e segurança do público. Todos contribuíram, cedendo o que tinham de melhor. Cada um deles merecia um troféu.

Os bolos e tortas que alimentaram artistas, familiares, curiosos… tornaram mais agradáveis os nosso esforços.

O público desta cidade está ávido por teatro. Quem acompanhou as apresentações pôde ver. Eu acredito que eles merecem mais, e melhor, e sempre. E acredito que estamos dispostos a oferecer para eles o que temos, o que queremos, o que fazemos: nossos sonhos, nossos suores… nós.

Esse foi o tema do Santo de Casa: nós. Daqueles que criam laços. Daqueles que mudam o mundo.

Obrigado a todos que participaram desta!
(ano que vem tem mais!)

Ronaldo